Master tendas oferecendo dias de segurança pra grandes eventos

Disponibilizamos algumas dicas importantes em segurança para eventos, para garantir a diversão de milhões de pessoas em festas, shows e queimas de fogos.

Segurança em eventos é um fator fundamental a ser considerado por conta do fim do ano, sempre marcado por uma grande oferta de ocasiões comemorativas. Por trás da alegria que circula em showsfestas e queimas de fogos, existe todo um aparato para garantir que essas ocasiões sejam lembradas como elas merecem.

As medidas de segurança em eventos envolvem planejamento antes, durante e depois. O princípio de qualquer festa com aglomeração de pessoas passa por busca de patrocinadores e fornecedores, controle de gastos e divulgação, para depois passar ao tático na execução de tarefas durante a produção e realização.

Embora existam peculiaridades de segurança em eventos para cada caso, há leis e normas comuns a cada um deles no intuito de garantir a ordem e evitar acidentes.


Pré-Evento

Projetos especiais para eventos com Tendas - Master Tendas

No pré-evento, deve-se considerar, em termos de segurança em eventos os tópicos:

  • CONCEITO DO PROJETO
  • ANÁLISE DO AMBIENTE
  • INFRAESTRUTURA DISPONÍVEL
  • ACESSOS
  • ROTEIRO DE AÇÕES E ATIVIDADES PROPOSTAS
  • É UMA FASE IMPORTANTE DE SER DOCUMENTADA EM ATAS, FORMALIZANDO AS DECISÕES.

 

 

 


 Durante o Evento

Palco para estrutura de eventos Master Tendas

Há surpresas de segurança em eventos mesmo quando tudo foi milimetricamente calculado. Portanto, é preciso estar preparado para ajustes durante o evento. como:

  • CONTROLE DA EQUIPE DE SEGURANÇA
  • COMUNICAÇÃO ENTRE PRODUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
  • APLICAÇÃO PRÁTICA DO TREINAMENTO
  • COORDENAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE POSSÍVEIS MEDIDAS EMERGENCIAIS
  • ACOMPANHAMENTO CONSTANTE DA DINÂMICA DE TRABALHO AO LONGO DA EXECUÇÃO
  • AVALIAÇÃO DO PLANEJAMENTO
  • GARANTIA DA EXECUÇÃO ADEQUADA
  • EVITAR PERDAS, RETRABALHO, ATRASOS E DESPERDÍCIOS

 


 Pós-Evento

Palco para show Master Tendas

segurança do pós-evento já começa na saída do público e continua ao se desmontar as instalações e desmobilizar o local, finalizando o trabalho na entrega do espaço. É fundamental, nessa fase:

  • CHECKLIST DE ITENS A SEREM DESMONTADOS
  • RELATÓRIO PARA REGISTRO DE TUDO QUE ACONTECEU NO EVENTO
  • AVALIAÇÃO PARA APERFEIÇOAMENTO
  • PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO SUPERVISIONADOS DA DESMOBILIZAÇÃO

 


Novas Medidas de Segurança

Recentemente, o Ministério Público promoveu algumas alterações de segurança em eventos para boates e casas de show visando evitar acidentes com vítimas. Uma delas consiste em divulgar aos clientes, já no ingresso e materiais de divulgação, o número e a data de validade do alvará de funcionamento e da proteção conta incêndios. A capacidade máxima de pessoas que a casa comporta deve ser informada na porta de entrada. E isso também vale para produções ao ar livre.

revista na entrada não é obrigatória, ficando a cargo dos organizadores. Antes do evento, uma das medidas de segurança em eventos mais importantes é realizar uma vistoria na estrutura do local para que se detectem áreas de risco. Os equipamentos devem ser checados.

O resultado dessa vistoria determina se o local é adequado e, em caso afirmativo, quais são os locais ideais para saídas de emergência e extintores, bem como quais serão as áreas sinalizadas como isoladas do acesso ao público.


 Gestor de Segurança

Locaçao tenda galpão - Master Tendas

O gestor é a figura central de segurança em eventos, sejam shows, exposições, convenções, festas, reuniões, assembleias ou eventos esportivos.

A ele cabe a tarefa de mitigar os riscos, ou seja, evitar surpresas desagradáveis. É ele que vai garantir, desde que o local comporte no máximo quatro pessoas por metro quadrado, medida recomendada.

É ele quem tem de saber se haverá manifestações públicas por perto na data do evento. Tudo deve ser considerado. Entre suas tarefas, destacam-se as seguintes organizações:

 

  • VISITA PRÉVIA AO LOCAL DO EVENTO
  • TRANSPORTES PARA A REGIÃO, ANTES, DURANTE E DEPOIS DO EVENTO
  • FACILIDADES DE ACESSO AO LOCAL
  • LEVANTAMENTO DE ÍNDICES DE CRIMINALIDADE DO BAIRRO
  • VAGAS PARA ESTACIONAMENTO
  • ILUMINAÇÃO DA REGIÃO
  • GARANTIA DE SEGURANÇA DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
  • ELABORAÇÃO DE ROTAS DE FUGA
  • SINALIZAÇÃO DAS ÁREAS DO LOCAL
  • GARANTIA DA SITUAÇÃO LEGAL DO LOCAL
  • AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES CLIMÁTICAS VIGENTES
  • GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ENERGIA ELÉTRICA
  • INSTALAÇÕES SANITÁRIAS ADEQUADAS
  • PLANEJAMENTO DE ESQUEMAS DE ORIENTAÇÃO NO TRÂNSITO NAS CERCANIAS
  • ANÁLISE DO TIPO DE PERFIL DO PÚBLICO (FAIXA ETÁRIA, CLASSE SOCIAL E COMPORTAMENTO)

Política de Segurança

Os patrocinadores e organizadores são responsáveis pela definição das diretrizes de política de segurança em eventos. Cada evento tem suas prioridades em termos de segurança, que variam de acordo com seu público, local e natureza. Mas algumas medidas podem ser destacadas para grande parte deles:

  • CONTROLE DE ACESSO E FLUXO DE ENTRADA
  • IMPEDIMENTO DA ENTRADA DE ARMAS OU OBJETOS LETAIS
  • COMBATE A POSSÍVEIS FURTOS
  • COMBATE À POSSÍVEIS AÇÕES DE CAMBISTAS
  • TRATAMENTO DADO AO PÚBLICO E AOS PATROCINADORES
  • PROTEÇÃO NO PERCURSO ESTACIONAMENTO-LOCAL E LOCAL-ESTACIONAMENTO.

 Riscos de Segurança

  1. RISCOS HUMANOS: AÇÕES DIRETAS OU INDIRETAS, INTENCIONAIS OU NÃO, ANTES, DURANTE E DEPOIS DO EVENTO. EXEMPLOS: FURTO OU ROUBO, ASSÉDIO A CELEBRIDADES, ATOS DE VANDALISMO OU SABOTAGEM, AMEAÇAS DE BOMBA, MAL SÚBITO, MANIFESTAÇÕES POLÍTICAS, USO DE DROGAS E SUAS CONSEQUÊNCIAS.
  2. RISCOS TÉCNICOS: OCORREM POR INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS DEFICITÁRIOS EM MANUTENÇÃO OU PELO MAU USO DELES, AINDA QUE EM BOAS CONDIÇÕES. ENVOLVEM EQUIPAMENTOS DE LUZ E SOM, INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E HIDRÁULICAS EM PALCOS, COXIAS, CAMARINS, SALAS DE REUNIÃO, BANHEIROS, COZINHAS, ESPAÇOS DE ALIMENTAÇÃO E RECEPÇÕES.
  3. RISCOS NATURAIS: ACONTECEM POR CONTA DE INTEMPÉRIES CLIMÁTICAS, COMO RAIOS, TEMPESTADES, ENCHENTES, DESLIZAMENTOS, TUFÕES, TERREMOTOS OU QUALQUER ACONTECIMENTO NATURAL.
  4. RISCOS BIOLÓGICOS: QUALQUER SITUAÇÃO QUE ENVOLVA INTOXICAÇÃO OU CONTAMINAÇÃO POR MICRO-ORGANISMOS. DEVEM SER CHECADOS ALIMENTOS, BEBIDAS, ÁGUA, AR CONDICIONADO, COZINHAS, LIXEIRAS, SISTEMAS SANITÁRIOS E BANHEIROS.

 


 Legislação

No caso de segurança em eventos, é importante procurar saber qual a legislação do estado e da cidade escolhidos, pois as leis variam de acordo com as localidades.

Além disso, é comum que haja uma regulamentação específica para esse tema. Essas determinações envolvem documentação do evento nos órgãos responsáveis, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Prefeitura, Ministério Público, Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (ECAD) e ANVISA.

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário